sábado, 1 de maio de 2010

Um cão inesquecivel!


Tenho uma história de um cachorro que tive alguns anos atrás, a cadela que era de minha tia criou 9 filhotes, e teve um que se destacou mais do que os outros, seu nome era "cara de pau" , sendo o menor da turma, não era dificuldade para ele se alimentar e era arteiro. Ganhei ele porque ele comia a ração dele e também dos outros. Sua barriga parecia que iria explodir, os meus filhos eram tão apaixonados por ele, era atração da familia. Quando chegava visitas e ele estivesse preso, fazia o maior show, a visita falava:
- Solte ele, coitadinho!
Ele ia na igreja, deitava debaixo do banco e ninguém o colocava para fora, se eu fosse no supermercado ele me acompanhava e me aguardava do lado de fora. Tenho hoje amigos quando nos encontramos sempre lembram daquele cão esperto, só faltava falar. Também eu tive um gatinho na mesma época, os dois adoravam dormir juntos. Deixou muitas lembranças boas, mas infelizmente morreu, nunca mais terá um cão como este.