sábado, 2 de junho de 2012

A beira da estrada

                   Desde da antiguidade há pessoas a beira da estrada,  pedindo, perdidas, sofridas, se viajarmos nas estradas e rodovias encontramos pessoas sim ser humanos, com fome, frio, sem casa e família, como poderemos ajudar?, algumas não tem documentos e nem lembram o próprio nome. Algumas estão envolvidas com drogas,  prostituição, pequenos furtos. Isto pode parecer uma noticia de jornal de nossa cidade mas é a realidade em pelo século XXI.
                     Casas de abrigos com crianças que talvez não serão adotadas, porque já são maiores da idade de fácil adoção. Qual será o futuro delas?. E aqueles que estão detidos IASES, talvez nunca retorne para sua vida antes do delito. Estatisticamente aumentou o numero  de mulheres, que estão sendo detidas pelo tráfico de drogas, ficando a beira da estrada. Essas pessoas estão em trevas como podemos acender a luz.Seja uma luz.