sexta-feira, 8 de agosto de 2014

Terra escura

                                                                    Quem já teve a oportunidade de fazer uma horta no quintal de casa, sabe que a terra escura é boa para o plantio, pois a mesma tem nutrientes, organinos, deposições de restos de alimentos as cascas e folhas que decompõe, até o cemitério dos cachorros e gatos, ou um antigo lixão, tem terra bem escura, só é pobre de nutriente quando há queima continua. O material orgânico natural é melhor como adubo, não pode haver vidros;plásticos;lata de alumínio; resto de madeira, ou entulho de construção civil. Os materiais recicláveis devem serem encaminhados para uma usina, o que pode ser reutilizado deverá ser confeccionado artesanatos.
                                                                   Alfaces; couves; inhame; hortelã; beterraba;cebolinha; salsa; taioba;quiabo,e entre outros alimentos. Um purificador natural é o fumo, para acabar com as micro-organismo que  afeta as plantas, a salidez da terra é analisada, as minhocas e formigas são cooperadoras do oxigênio em meio a terra. Já a terra vermelha, já é mais utilizada na confecções de cerâmicas, no ES a panela de barro do manguezal é uma terra escura, onde o principal prato tipico do estado é a torta capixaba feita na panela de barro, temos uma historia linda, mas a melhor panela precisa passar pelo fogo antes de ser vendida. Os índios, são os primeiros a cultivar a terra e suas riquezas e deixou-nos esta dica a escolha da terra escura para o plantio. 
                                                                   Pegando este gancho de pensamento que terra é o seu coração, uma terra de bom para ser cultivado, ou é uma terra cheia de pedregulho, arenoso, como esta relatada em Marcos 4  e Mateus 13.