domingo, 4 de maio de 2014

KIDS

                                                       Kids, são presentes do Senhor, uma igreja sem elas esta fadada ao desamino, elas são: alegres, hiperativa, tímidas, criativas, puras, você chega em uma casa pode ter falta de comida, moveis, mas se tem criança é uma outra atmosfera. A razão de ser de uma escola são as crianças, o desenvolvimento delas é resultado de muito trabalho e dedicação de um corpo docente, mas a sem elas estes profissionais não existem, ficam sem foco. Quero compartilhar a respeito de algumas percepções minhas particulares, tem lugar que me parece que os adultos se incomodam com os kids. Tenho uma amiga que ela não gosta de estar em festa de aniversario, segundo ela diz: que estas festas são muito barulhentas e ao mesmo tempo muito cheia de doces, refrigerantes, bolos, brinquedos, lembrancinhas, eu disse: isto faz parte, criança é um período da vida de todo o ser humano, precisa ser bem divertida. Estudiosos dizem: que as pessoas que envelhecem e tem a doença  de Alzeimer oque fica são as lembranças da primeira infância.
                                                     
                                                           Eu mesmo tive uma infância muito difícil, mas alegre, com algumas escasseeis, nunca tive uma boneca, mas brincava com as bonecas das primas, nos finais de semana ou feriados, fazíamos brinquedos de materiais recicláveis já  na década de 70, já era uma defensora do meio ambiente,  nem conhecia sustentabilidade, isto é uma benção. Minha bolsa era sacola de arroz e açúcar de 5 kg, trocava todo mês, era muito legal. A melhor época da vida de uma criança são os primeiros sete anos, formação de carácter e personalidade, passa tão rápido. Lembro-me dos meus filhotes, eu jogava bolinha de gude, saltava raia, ensinei a escrever as primeiras letras, a primeira oração, primeiro dia na escola, como vai as crianças que vivem ao teu redor. Salmos 127:4.