terça-feira, 28 de fevereiro de 2017

Secularização

                                                             O dia tem 24 horas, mas nem todos sabem usar com sabedoria, a secularização muitas vezes, rouba o tempo em família e coisas simples de tomar um café com uma amiga, mas ainda as escalas extras lhe tira o momento esta com servo do Senhor, dias de atividade em comunhão com os irmãos, é preciso estar atento, o que é prioridade para você?
Conversando com uma pessoa esta semana ela me disse: preciso participar de um culto de adoração mais de 6 meses que não vou a uma igreja, estou sentindo falta, eu disse: mas por que? ela me disse: que trabalhar no domingo é 100% de extra, e ela esta junto para dá de entrada no apartamento, será que vale a pena, mesmo, você já trabalha 5 dias e ainda no domingo.
Então disse a ela o que pensava, mas não sei se ela esta disposta acabar com a rotina da secularização materialista, as vezes as pessoas tem tanta justiça própria, o racionalismo tão latente, que  elas ficam cegas, trabalhar e trabalhar e o sobrenome é hora extra.A justiça própria é como trapo de imundícia, não é flexível, por exemplo os fariseu criticavam a Jesus realizar milagres no sábado, outros batem no peito e dizem que são fieis dizimista,  mas falam mal de seus irmãos e são faccionista, maliciosos,invejosos, soberbos ; orgulhosos, são autossuficientes.Um exemplo claro é Hamã que arquitetou a morte de Mardoqueu, mas o que ele não sabia, que o coração do rei queria honrar quem era leal e ele, Ester 6. A secularização é um abismo, que lhe envolve sorrateiramente, com a frase mais maléfica: todos fazem isto!
Obedecer não cansa, Viver em Jesus é repouso, você é uma carta aberta para mundo, testemunhe a todos a transformação que Cristo fez na tua vida. Dedique 15 minutos, primeiros do seu dia para adorar ao Senhor.