domingo, 11 de dezembro de 2016

Bacia e toalha

                                                                     Uma cena mais tocante e aprendível é de Jesus lavando os pés dos discipulados, Pedro na sua intrepidez não queria que fosse lavado somente os pés mas o corpo inteiro, e não era isto que o Mestre queria transmiti-los, Jesus sabia que Judas naquele mesma noite iria trai-lo, mas lavar o que esta sujo, o pó da terra muitas vezes fica nos pés, por onde tens andado?___ Jesus sabia que os 12 discípulos não eram blindados, eles tinham imperfeições mas ELE, transmitiu o amor incondicional para ser multiplicado a toda humanidade. Mas infelizmente ainda hoje há falsa lavagem dos pés superficiais é mas uma incensação para chamar atenção. A verdadeira lavagem é com água da palavra que viva e eficaz, a bacia era um recipiente de limpeza  e a tolha era própria para  como nos nossos dias temos a toalha para o banho separa para higiene pessoal e intimo, como compartilhar a mesma toalha, seria inevitável. Aquela noite para alguns era mais uma noite com o Mestre, mas para Tiago e João sentiram no coração que algo seria diferente, os demais não se manifestaram. Então vamos pensar somente com a bacia e a toalha não terá limpeza completa, pois precisa da água viva como em João 4; Moisés quando esta ouvi Deus através da sarça ardente, teve que tirar as sandálias pois o lugar era santo. Deus conhece o teu coração e sabe quando a sua atitude é para exaltação do nome do Altíssimo e não para alta promoção. É na hora da adversidade que agente entende que Jesus não lavou os pés, mas lavou o meu coração e muda os pensamentos e atitudes diariamente, até quando estar dormindo  Deus vela pelo seu sono (Salmos 4).