sexta-feira, 9 de dezembro de 2016

Gratidão

                                                              Em meio a uma vida de interesses pessoais e posição social, alta afirmação, são poucos que dão valor por pequenos gestos de gentileza, de um amigo distante te ligar, para saber se estar bem  ou você ligar para o celular de alguém e este retornar a ligação e se inciar uma conversa off-line a pessoa não termina a conversa e desconecta, sendo que foi ela que iniciou a conversa. O meu irmão tem um mal costume de dizer que esta na correria, alguns dias atras disse a ele: o ser humano não pode viver acelerado 24 horas, você vai dá um piripaque.Tenha uma amiga que quando chegava as ferias ela vendia, se precisa fazer horas extras lá estava ela, até que um dia teve um enfarte, não tinha nem 30 anos. Penso a vida precisa de pausa, descano e sermos gratos.
Então lembrei da historia de Maria que derramou o perfume de balsamo aos pês de Jesus, José de Arimateia que cedeu o sepulcro para guardar o corpo de Jesus por três dias e três noites até a ressurreição. Pedro que estava com seu dia sem trabalho preocupado e Jesus, pede o seu barco emprestado para que proclama-se as boas novas a multidão.Li um livro que como expressar a gratidão através de flores, sempre a pessoa presenteava com flores os amigos e colega de trabalho, quando ela faleceu a igreja ficou toda florida e alguns falavam entre si tem muitos tipos de flores, é verdade isto prova que ela não morreu pois em cada flor representa uma pessoa tinha amor reciproco.