sábado, 3 de dezembro de 2016

#ForçaChape

                                                               O ser humano gostam muito de festa com muitas cores, uma boa musica, bastante comida e bebida, risadas altas, alguns não estão preparado para má noticias e é dolorido a tragedia quando a morte que chega sem avisar nem dia, nem hora, devastadora, mesmo quando alguém já tem uma certa idade e esteja doente ninguém quer morrer.A perda de um ente querido é muito difícil, mas esta é a unica certeza, você nasce e vai morrer, a vida aqui é passageira pode durar 90 anos ou alguns meses, a exemplo disto foi a vida de Fidel Castro, líder Cubano que foi amado por uns e odiado por outros, era um  líder ditador que pensava que a sua liderança era para sempre. Ainda  há pessoas que pensam assim, mas a liderança é transitória e temporário, a diferença é o legado que imprimi em seus liderados a continuidade de um proposito. Sou voluntaria na capelania de um hospital infantil, quando acontece a morte de um recém nascido é terrível os pais se desesperam e começam os por quês?___ E é para que? ___Qual é o proposito disto?
Mas quando se tem Cristo como salvador  e o Espirito Santo como consolador, chora-se muito para aliviar o coração mas há esperança de encontra no céus.O Senhor enxugará todas as suas lagrimas, e as vezes não há necessidade de falar nada, mas abraçar forte e estar ao lado da família ou amigo. No dia 29 de Novembro aconteceu o maior acidente areio com a delegação de futebol da Chapecoense e de 81 passageiros, só sobreviveram 6 pessoas que requer ainda cuidados médicos e estão na Colômbia ainda, o mundo se comoveu todos os times de futebol fizeram postagem nos seus sites oficiais: #ForçaChape ,  o jornalismo também  teve baixas de grandes profissionais de varias emissoras, a torcida da Chape agora chora pelos seus atletas e filhos amados, chefe de família que tinha sonhos a serem realizados que se acabou, as redes sociais, todos os jornais internacionais, o Brasil e Colômbia, não poupou esforços para a liberação dos corpos o mais rápido possível para minimizar esta dor, hoje esta acontecendo o velório coletivo, mas a dor individual  e é para sempre, que natal estas famílias terão, e ainda precisam serem ressaciadas financeiramente, há uma mobilização para que aqueles que puderam ser associar que o faça, para suprir as despesas das famílias dos atletas do Chape, um adolescente de 16 anos ficou no time infanto-juvenil, ficou 8 meses lá  SC; que é meu vizinho me disse:" eles eram heróis, quando eu não tinha treino eu sentava nas arquibancadas para vê-los treinar e eles tinha um brilho nos olhos diferente, uma união que nunca vi em time nenhum que já joguei, e pensei eu quero ser como estes jogadores dá a vida pelo o time". Quando eu terminei de ouvi-lo só abracei e ele chorou.
http://www.chapecoense.com/2016/clube/historico